Outubro Rosa é o nome dado para uma campanha internacional de sensibilização da população em relação ao câncer de mama. Este é um mês dedicado à disseminação de informações sobre os direitos e a importância de olhar com atenção para a saúde da mulher, pois o câncer de mama é o segundo mais frequentes entre elas. O Ministério da Saúde aconselha que as mulheres comecem a fazer a mamografia de rastreamento a partir de 50 a 69 anos ou antes disso, se tiver histórico na família.
A coordenadora do curso de Enfermagem da FASI, Cláudia Daniella, fala sobre algumas medidas preventivas que são possíveis aderir e fazer. “Atividades físicas regulares, alimentação equilibrada, não fumar, não beber, amamentar os filhos e controlar o peso. A prevenção também pode ser feita pelo exame clínico das mamas, realizado por um profissional de saúde (médico ou enfermeiro), que é recomendado para todas as mulheres de 40 a 69 anos de idade”, explica.
Cláudia Daniella ressalta ainda a importância da mulher se conhecer. “Uma forma de prevenção é o toque. É importante que a mulher se toque se conheça e se ela encontrar algo diferente procurar um serviço de saúde”, alerta a coordenadora.
A especialista também comenta sobre o papel do enfermeiro. “São várias ações atribuídas ao enfermeiro no enfrentamento da prevenção do câncer de mama, como as atividades educativas, o exame clínico das mamas e, de acordo com protocolos, a solicitação da mamografia. Os alunos irão organizar as atividades alusivas ao outubro rosa. As mesmas devem acontecer durante todo mês de outubro”, encerra.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *