Parcerias:

(38) 3690-6600
(38)9 8826-9082

Docente Fasi é Delegada Titular do Conselho Regional de Nutrição


A nutricionista Ilana Carla Mendes Gonçalves é professora destaque do Centro Universitário Funorte. Delegada do Conselho de Regional da 9º região – CRN-9 e docente há 16 anos, Ilana é graduada pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), especialista em Nutrição e Saúde pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), pós-graduada em Docência em Ensino Superior pela Unimontes e especialista em Nutrição Clínica pela Asbran (Associação Brasileira de Nutrição). 

Atualmente, além de professora da Funorte, a profissional também atua como docente no curso de Nutrição da Faculdade de Saúde e Humanidades – Fasi – ministrando as disciplinas de Introdução à Nutrição e Educação Nutricional e Estágio Clínico em unidade hospitalar.

Ela explica que o trabalho no CRN é voluntário e conta como funciona o órgão. “O CRN é uma autarquia federal sem fins lucrativos, de interesse público, com poder delegado para normatizar, orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício e as atividades da profissão de nutricionista em todo o território nacional, em defesa da sociedade. É um órgão central do Sistema CFN/CRN. No CRN-9, tenho uma participação voluntária, que tem dentre suas funções, representar, quando necessário, o conselho na cidade e intermediar atividades para a comunidade e profissionais nutricionistas”.

A especialista compartilha ainda sua jornada acadêmica e profissional e conta como alcançou o sucesso desejado na nutrição. “Estudei na UFOP, onde tive excelentes mestres, que sempre me estimularam e compartilharam o conhecimento. Através da faculdade, fiz estágios em empresas, que posteriormente, tive a oportunidade de trabalhar em uma delas, sendo assim, iniciei minha carreira profissional. Paralelo às atividades da faculdade, durante as férias, sempre procurei realizar estágios extracurriculares nas instituições hospitalares ou empresas da cidade de Montes Claros”. 

Sobre a carreira na docência, Ilana comenta:“iniciei minha carreira docente na Funorte há 16 anos, já no curso de Nutrição. Desde a faculdade, sempre gostei de apresentar trabalhos e já me identificava com a docência”. Ela ainda afirma que: “certamente, a maior satisfação como professora é ver o sucesso e realização dos nossos egressos. Também gosto da possibilidade de estudar e aperfeiçoar constantemente, o que a docência nos permite”, declara. 

A nutricionista ressaltou ainda que a pandemia da Covid-19 trouxe muitos desafios para os profissionais da nutrição. “Temos enfrentado dias difíceis nos ambientes hospitalares, especialmente nas Unidades de Terapia Intensiva, onde atuo como nutricionista clínica. A nossa função é fundamental para prevenir e tratar diversas patologias, inclusive a Covid-19. Ainda estamos aprendendo sobre essa doença e nesse cenário é primordial que se tenha muita dedicação e estudo. Tenho também feito trocas e reuniões virtuais com outros profissionais para poder aprender e atender da melhor maneira possível os pacientes que enfrentam essa difícil batalha”, afirma. 


Publicada em: 17/11/2020
Tags: