Parcerias:

(38) 3690-6600
(38)9 8826-9082

Universitários de Psicologia promovem ação de saúde mental e cidadania


  

Na noite da última terça-feira, 19 de novembro, universitários do 6º período do curso de Psicologia da Fasi realizam a atividade: “Saúde Mental e Cidadania”. A Ação faz parte da disciplina de Psicopatologia II, ministrada pela professora Jania Lurdes, cujo objetivo é conscientizar a comunidade acadêmica sobre o uso excessivo de medicamentos e as consequências da automedicação. 

A docente Jania comenta sobre a importância do evento para a formação acadêmica dos estudantes de Psicologia e para os demais alunos da instituição. “A atividade dá ênfase na reflexão sobre diagnósticos de transtornos psíquicos, principalmente entre crianças. O acadêmico através desta ação, conseguiu ter uma melhor atenção sobre a escuta mais apurada da realidade das crianças no contexto familiar, social e escolar e perceber que alguns comportamentos são relacionados à infância e não ligados à patologias psiquiátricas e que não necessitam do uso de medicamentos. Já para os participantes, eles poderão fazer a reflexão por meio do contato visual, olfativo e tátil dos materiais expostos, além da troca de informações com os estudantes de psicologia, entendendo mais sobre as diferenças comportamentais relacionadas à doenças para aquelas normais do desenvolvimento infantil”. 

Nilson de Jesus, discente do 6º período, discorre sobre as expectativas com a realização da atividade. “Hoje em dia, quaisquer que sejam os sintomas de determinada doença, o indivíduo recebe um diagnóstico e faz o tratamento medicamentoso muitas vezes sem necessidade. Esperamos que após essa ação, toda a comunidade possa refletir sobre o mau uso dos medicamentos e não procure classificar sintomas como realmente doenças, mas encarar alguns sinais, pequenas mudanças de humor ou emoção e que não se automedique em busca de soluções para problemas que, na verdade, nem existem”. 


Publicada em: 21/11/2019
Tags: