Adriana Moura da Silva, 25 anos, natural de Matias Cardoso – MG, graduou-se em Nutrição pela Fasi em 2018 e, atualmente, possuiu especialização em Nutrição e Metabolismo na Prática Clínica e Desportiva. Ela destaca os motivos pelos quais optou pela Nutrição e sobre a escolha por estudar na Fasi. “Sempre quis trabalhar com algo que ajudasse a população. E a escolha pela Fasi foi pelo fato de ser uma faculdade direcionada apenas para área da saúde, o que faz dela uma excelente referência. Além disso, conta com uma equipe qualificada e séria, com um ótimo conceito de qualidade. Como egressa, aprovo e indico”, frisou a nutricionista.

A egressa completa ao destacar que, “a Fasi tem uma excelente equipe de docentes capacitados e nomeados, que não medem esforços quando o assunto é passar um conteúdo de qualidade para seus graduandos. Dou ênfase nas monitorias que é uma ferramenta excelente para dar um reforço quando for necessário”, explicou Adriana.

Com atuação em Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), a nutricionista explicou sobre as atividades desenvolvidas nestas áreas. “No Núcleo de apoio à Saúde da Família – NASF/UBS 1 e 2, realizo atendimentos individuais e em grupos. Palestras e ações; e visitas nas zonas rurais (pacientes acamados e\ ou debilitados). Já no Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE/Escola Municipal Maria Valdina, realizo ações de alimentação e nutrição, elaboração de cardápios seguindo licitação; teste de aceitação da merenda, controle de estoque e armazenamento dos alimentos, treinamento com cantineiras (colaboradoras), e entre outras demandas. Trabalho pela Prefeitura Municipal de Camacho – MG”, ressaltou.

Referente ao mercado de trabalho, Adriana destaca sobre o maior desafio que profissionais encontram quando começam a atuar. “O grande número de informação não confiável que é compartilhada com a população, sem dúvidas, é o maior desafio. Cito, também, aos blogs e sites com informações sem fundamentos; isso é o que mais está atrapalhando o exercício da profissão”, alertou a profissional.

A nutricionista ressaltou, ainda, as áreas com maior destaque no mercado. “A profissão está em expansão, grande parte da população tem se preocupado mais com qualidade de vida através da alimentação. Resumo que quando o profissional é íntegro, preza pelos princípios da ética e que se especializa em uma área que tem afinidade, o mercado de trabalho o espera”.

Adriana finaliza destacando qual deve ser o perfil do acadêmico para que seja um profissional diferenciado. “É fundamental ter interesse pelo bem estar dos outros, além de equilíbrio emocional, sensibilidade para as questões sociais, compreensão e respeito com as questões de cultura e religião; além de facilidade de comunicação”, concluiu a egressa.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *