Os cursos de Psicologia da Fasi e Funorte e de Enfermagem Fasi realizaram, no dia 29 de setembro, evento Cineborboleta, que exibiu e discutiu sobre o documentário “De si, tirou”. O curta aborda reflexões sobre o suicídio e teve como objetivo conscientizar sobre o Setembro Amarelo, campanha brasileira de prevenção ao suicídio.

Além das coordenações, o evento foi organizado por professores de Saúde Mental do curso de Psicologia Fasi e docentes e acadêmicos estiveram presentes para discutir sobre a abordagem. Dentre os integrantes da mesa de discussão interdisciplinar, estiveram a psiquiatra Mariane Silveira Barbosa, a psicóloga Jeannine Narciso, o enfermeiro Ricardo Otávio Gusmão e o antropólogo Sérgio Gomes Rodrigues.

A coordenadora do curso de Psicologia Fasi, Carla Mendes, frisou o objetivo e importância do evento para a comunidade acadêmica. “A proposta do Cineborboleta foi integrar as atividades do Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, e, consequentemente, conscientizar a comunidade acadêmica sobre a prevenção do suicídio, alertar a respeito da realidade da prática no Brasil e em todo o mundo, além de instrumentalizar os acadêmicos para a sua prática profissional, através de diálogos e discussões que abordem o problema. O evento foi, também, uma forma de chamar a atenção para um problema muito sério e que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), poderia ser prevenido em até 90% dos casos”, frisou a coordenadora.

Ela finaliza afirmando a necessidade de dialogar sobre o tema. “Mesmo com diversos casos e estatísticas que crescem anualmente, ainda existe um tabu para abordar esse assunto. Porém, para evitar o suicídio, o diálogo e o debate sobre a questão são ferramentas primordiais”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *