A coordenadora do curso de Nutrição da Fasi, Ilana Gonçalves, participou de entrevista, no dia 07 de março, na Inter TV Grande Minas 1ª edição. No episódio, ela abordou sobre alimentação durante o período de quaresma e deu dicas de alimentos que podem ser consumidos para repor proteínas.

Ilana orientou sobre a importância de estar ciente de que a renúncia de algum tipo de alimento não trará prejuízos à saúde. “É importante ter um conhecimento prévio de como está a saúde para que a abstenção não tenha reflexos negativos”, frisou.

Sobre a abstenção de carne vermelha, jejum comum no período de quaresma, Ilana destaca que, “assim como diversos alimentos são fontes de vários nutrientes, a carne é fonte de proteína e ferro e, para substituí-los, algumas pessoas optam pelo peixe, que é uma carne branca e que é uma boa opção, assim como ovos, que são similares do ponto de vista proteico”, ressaltou a nutricionista.

Ela alerta, também, sobre como a substituição de nutrientes pode ser feita quando a pessoa opta por abrir mão de qualquer tipo de proteína de origem animal. “Nestes casos, temos opções de proteínas e fontes de ferro de origem vegetal. Uma mistura bem cultural que temos é o arroz e feijão, que, quando consumidos juntos, tem características semelhantes a uma proteína. Outras opções são as sementes, as oleaginosas, sementes de abóbora e girassol; que são boas fontes de ferro e que podem contribuir para esta reposição de proteína durante esse tempo”, explica.

Para finalizar, ela deu mais dicas de como manter a nutrição. “Uma sugestão interessante para as pessoas que abriram mão do consumo da carne vermelha, é colocar algum alimento fonte de vitamina C, por exemplo, suco de acerola, algumas gotinhas de limão ou laranja na comida, pois isso, ajuda a absorver o ferro que há nos legumes”, concluiu a coordenadora.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *